Motor Scania V8 completa 40 anos

2-motor-v8
A Scania comemora na Europa os 40 anos do seu tradicional motor V8. Lançado em 1969, inicialmente com 14 litros, e desde 2000 comercializado na versão 16 litros, este lendário propulsor para caminhões, ônibus, embarcações e aplicações industriais soma quase 250 mil unidades entregues até o momento.

Projeto- A idéia do motor V8 nasceu no começo dos anos 60, quando se achava que 250 cavalos eram suficientes para um caminhão. Para os engenheiros da então Scania-Vabis, no entanto, esta potência não seria suficiente a longo prazo – especialmente para transportes de madeira e pesado de longa distância.
A luz verde se acendeu em 1962, coincidindo com o desenvolvimento de uma geração de caminhões de cabines avançadas, do tipo “cara-chata”. Este tipo de caminhão não comportava um motor de oito cilindros em linha, muito menos um maior de seis.
A solução dos engenheiros da montadora foi optar por uma configuração em “V”, que se enquadrava na cabine como o propulsor de 11 litros com seis cilindros em linha, mas com algo a mais: 14 litros e 100 cavalos de potência adicionais. Nascia, então, o revolucionário V8.

Durabilidade – Com um fantástico consumo para uma potência tão elevada, segundo a montadora, o Scania V8 tem a reputação de ser praticamente indestrutível. Tanto é que não se sabe o limite máximo da vida útil dele. No entanto, registros mostram caminhões com o mesmo motor V8 que já passaram dos 5 milhões de quilômetros rodados.
Entre 1969 e 2001, a Scania entregou aproximadamente 170 mil motores V8 de 14 litros para caminhões, ônibus e aplicações industriais e marítimas. No total, somando a versão de 16 litros, já quase 250 mil unidades entregues. Destes, a montadora calcula que aproximadamente 100 mil seguem em operação.

Trajetória – O V8 das Scania nasceu na versão 14 litros com 350 cavalos, uma potência incrível para a época. Tanto que, por muitos anos, foi considerado o motor diesel de caminhões mais potente da Europa.
Três anos depois de ser lançado, em 1971, o propulsor ganhou uma versão de 260 cv para caminhões e ônibus. Uma década depois a Scania lançava a Série 2 de caminhões, que chegava equipada com o motor V8 de 388 cv.
Nos anos 80 a potência do V8 para caminhões aumentava consideravelmente. Em 1982, com Intercooler opcional, atingia 420 cv a 1.900 rpm. Com Intercooler de série, em 1985, uma das versões chegava a 430 cv. Em 1987, com o lançamento da Série 3, duas mais potentes: 450 cv a 1.900 rpm e 470 CV a 2.100 rpm.
Na década de 90, o V8 da Scania ficava mais poderoso ainda: 500 cavalos entre 1991 e 1994, nas versões Euro 1 e Euro 2; e 530 cv em 1994, com a Série 4. No ano 2000, a montadora aposentou a versão 14 litros com o lançamento do motor de 16 litros com 580 cavalos, a mesma de um dos motores da conhecida Série R, lançada em 2004. A versão mais potente, até o momento, chegou em 2005 com os motores Euro 4 e Euro 5: nada menos que 620 cavalos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: