Mercado de caminhões continua em queda

venda-caminhoes

Ao contrário do mercado de automóveis, no de caminhões o IPI provocou pouco impacto nas vendas, segundo José Rubens Vicari, diretor-geral da Honeywell no Brasil, fabricante de turbocompressores para veículos comerciais.

Segundo Vicari, o mercado de caminhões, que fechou o primeiro trimestre com queda de 16% nas vendas, com 21.494 veículos emplacados, ante um trimestre recorde de 2008 (25.523 unidades), está com demanda 25% menor em abril em relação a 2008, que foi um ano de volume acima das expectativas. “No primeiro trimestre foi um pouco melhor, mas neste mês já notamos uma retração dos negócios”, disse o diretor da Honeywell.

A grande preocupação desta crise, segundo Vicari, é a falta de previsibilidade. “Não se tem consistência sobre a quantidade de veículos que serão produzidos no ano. Com a perda das exportações as montadoras estão ampliando as férias coletivas”, comentou.

Da produção total de turbos que a Honeywell faz na sua fábrica de Guarulhos (SP), 60% vão paras as montadoras e 40% para o mercado de reposição no Brasil e países da América do Sul.

por Gazeta Mercantil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: